Como bloquear celular roubado sem IMEI

Quem teve o celular roubado agora pode solicitar a operadora o bloqueio do aparelho, o que evita que o telefone seja reutilizado pelo criminoso. Diferentemente do bloqueio de linha, o bloqueio do aparelho inutiliza o aparelho para utilização na rede nacional de telecomunicação. Isso quer dizer que, mesmo que o bandido troque o chip, o aparelho não funcionará, pois terá o sinal bloqueado pela operadora. Antigamente, para efetuar o bloqueio aparelho era preciso que o cliente fornecesse o MEI (International Mobile Equipment Identity), agora isso não é mais necessário, pois a operadora tem como consultar os últimos IMEI´s que foram utilizados na linha e, assim, realizar o bloqueio.
Além do chip, cliente também pode bloquear o celular roubado, invalidando o IMEI (divulgação)

Troca de chip – Quando um celular é roubado a primeira providência do criminoso é trocar de chip. Todavia, se o IMEI for bloqueado pela operadora, o celular não funcionará mais com nenhum chip, pois terá o seu registro bloqueado pelas operadoras, o que impede que ele receba sinal das torres brasileiras em virtude do bloqueio de rede.

COMO BLOQUEAR CELULAR ROUBADO

O bloqueio pode ser efetuado pela operadora ou através de uma delegacia de polícia. Pela operadora basta entrar em contato com a central de atendimento, além de bloquear a linha roubada, informe que deseja bloquear o IMEI do aparelho, caso tenha o código forneça, do contrário você deve informar a operadora o modelo para que ela consulte no sistema o IMEI.

As operadoras têm como descobrir o número do IMEI, marca e modelo do aparelho que foi utilizado com uma determinada linha. O que permite que elas realizem o bloqueio mesmo se o cliente não tiver mais o IMEI.

Infelizmente isso não é irreversível, já é possível trocar o número do IMEI de um celular roubado, tal procedimento é feito por programas e, também, em assistências clandestinas. Mas, ao bloquear o IMEI a vítima dificultará a vida do criminoso, se ele não tiver muito conhecimento inutilizará o celular.

Se encontrar o aparelho é possível desbloqueá-lo, mas o procedimento já é mais burocrático, o cliente precisa ir até uma loja, apresentar documentos e preencher uma declaração para que a operadora retire o impedimento do IMEI da rede nacional de telecomunicação.


0 comentários:
Postar um comentário

Evite usar a opção "Anônimo", se não tiver conta no Google, preencha seu nome na opção "Nome/URL"