Caixa lança aplicativo do Bolsa Família até para iPhone

O aplicativo Bolsa Família Caixa foi lançado pela Caixa Econômica Federal com o objetivo de facilitar o acesso ao programa de distribuição de renda do Governo Federal, por meio dele o beneficiário pode acessar suas informações, calendário de pagamento, situação do benefício, dentre outras ações. A aplicação está disponível para celulares com sistema operacional IOS (iPhone), Android e Windows Phone, sendo que o download é gratuito.

Tela do aplicativo do Bolsa Família no iPhone 6 (divulgação)


O lançamento do aplicativo para celulares chega em um momento em que o banco estatal está comemorando os 12 anos do Programa Bolsa Família.

Aqueles que não são beneficiários do Bolsa Família também poderão usar a aplicação para obter informações sobre o programa social, requisitos para cadastro e também acesso à rede de atendimento da Caixa Econômica Federal (CEF), tal como, localização de Caixas Eletrônicos, Casas Lotéricas, agências, etc.

Funcionalidades do aplicativo:

  • Consulta do calendário de pagamento do Bolsa Família;
  • Informações sobre o benefício e últimos pagamentos;
  • Consulta à rede de atendimento (agências, caixas eletrônicos e casas lotéricas);
  • FAQ com dúvidas frequentes sobre o programa social;


O Programa Bolsa Família é voltado para as famílias de baixa renda, sendo uma complementação financeira importante para tirá-las da miséria e da pobreza extrema. São duas as faixas de atendimento, a primeira atende famílias consideradas em situação de pobreza (renda per capita entre R$ 77,01 e R$ 154,00), já a segunda possui benefício maior e são dirigidas as famílias consideradas na pobreza extrema (renda per capita de até R$ 77 por mês). A complementação de renda é paga atualmente para mais de 13,9 milhões de famílias.

Nas redes sociais a disponibilização do aplicativo gerou controvérsias, justamente pelo fato da aplicação ter sido desenvolvida também para aparelhos com sistema operacional IOS (iPhone), cujo público-alvo da marca certamente não é atender consumidores enquadrados na “pobreza extrema”, justamente pelo valor "exorbitante" dos aparelhos. “Quem tem dinheiro para comprar um iPhone certamente não precisa receber o dinheiro do Bolsa Família”, comentou um usuário do Facebook.

Na loja de aplicativos para iPhone vários usuários baixaram o aplicativo e comentaram negativamente em forma de protesto. Um dos usuários afirma: “Crise no país, corte de gastos em várias áreas, e vocês me fazem um App pra bolsa família. Famílias pobres ou extremamente pobres tem que ter comida na mesa, criança na escola, dinheiro pra remédio. Não consigo entender um App pra iPhone do bolsa família, de verdade. É botar nariz de palhaço no povo.”.

O Bolsa Família atende famílias com renda per capita (por pessoa) de até R$154,00 por mês, o que é um valor extremamente baixo. Mesmo que 0,01% dos usuários do Bolsa Família tenham condições de comprar um iPhone, isso não justifica o desenvolvimento de uma aplicação, principalmente se levarmos em conta o custo de desenvolvimento, que certamente deve ter sido alto!


0 comentários:
Postar um comentário

Evite usar a opção "Anônimo", se não tiver conta no Google, preencha seu nome na opção "Nome/URL"