Alerta: cuidado com o golpe da assinatura de revista!

Essa é uma matéria um pouco diferente do que vocês estão acostumados a ler no blog, trata-se de um alerta, um conselho para que você não caia no novo golpe da assinatura de revistas. Em outra matéria alertamos que alguns vendedores de editoras de revistas estavam infiltrados em aeroportos, supermercados e demais locais de grande circulação, oferecendo assinatura de revista supostamente gratuita, na verdade trata-se de um golpe, depois que o vendedor pega as informações do cartão de crédito do cliente, ele lança a cobrança da assinatura, muitas vezes eles lançam um ou dois anos de assinatura de uma só vez.


Vendedores desonestos aproveitam locais de passagens, tais como, portos, aeroportos e pontos turísticos para aplicarem o golpe.

O novo golpe do momento é feito por telefone, vendedores de revista ligam se passando por administradoras de cartões de crédito, normalmente eles perguntam ao cliente qual bandeira de cartão ele possui (Visa, MasterCard, American Express, Elo, etc), depois eles dizem que a pessoa ganhou um ano de assinatura de revista, vão logo pedindo para escolher qual o cliente deseja receber, dizem que é "bride".

O cliente acaba ficando entusiasmado, afinal ele acredita que a ligação é da administradora. Para confirmar a operação de resgate eles dizem que precisam da confirmação do número do cartão, data de validade e do código de segurança.

Com as informações em mãos o golpe está feito! Depois o vendedor desonesto lança o valor de um ou dois anos de assinatura parcelado em 12x no cartão do consumidor enganado. Com esse ato o vendedor consegue bater suas metas e ganhar comissão em cima de suas vendas forçadas, afinal ele enganou um cliente, que muitas vezes só vai perceber o golpe depois de um ou dois meses quando recebe a cobrança na fatura do Cartão de Crédito.

Dicas:

  • Não acredite em assinatura de revista gratuita. Isso não existe, empresa visa lucro! Se ela é grátis, porque o vendedor precisa do número do seu cartão de crédito????
  • Caso receba alguma ligação, JAMAIS passe o número de seu cartão de crédito. Se for realmente o banco ou administradora de seu cartão de crédito, ela nunca solicitará esse tipo de informações, os próprios bancos alertam constantemente que nunca pedem a confirmação de dados do tipo: número do cartão, data de validade, código de segurança;
  • Cuidado em aeroportos! Há vendedores de tudo que você possa imagina, muitos vão dizer que você ganhou algo (assinatura de revista, mala, milhas aéreas, etc). Os golpistas querem apenas o número de seu cartão de crédito para vender o que você não quer! Não destrua suas férias, fique atento.


Caso você tenha sido enganado, a nossa recomendação é para que registre um Boletim de Ocorrência por estelionato, afinal o vendedor lhe enganou. Posteriormente bloqueio seu cartão de crédito informado, isso evita que o vendedor desonesto lance outras cobranças em seu cartão de crédito, afinal ele já tem todas as informações que precisa e pode vender várias assinaturas em seu nome. Por último faça uma reclamação no PROCON (Fundação de Proteção ao Consumidor), muitas vezes o órgão encaminha o consumidor para o Juizado Especial Civil, onde é possível tratar de assuntos como esse na justiça sem que seja necessário contratar um advogado.


0 comentários:
Postar um comentário

Evite usar a opção "Anônimo", se não tiver conta no Google, preencha seu nome na opção "Nome/URL"